07/11/2009

Vaidoso terá 50% à venda no "Gir das Américas"

à


Foto: Arquivo Girbrasil


Rosimar Silva e Lúcio Rodrigues durante visita à Pecplan ABS, em Uberaba, Central onde está o touro Vaidoso da Silvânia, atual líder do ranking nacional do Gir Leiteiro, que terá 50% vendidos no leilão "Gir das Américas", dia 17 de novembro no Rio de Janeiro.


São Paulo (SP) – Girbrasil fecha mais uma parceria durante a Feileite 2009, desta vez será com a Fazenda Valão do Cedro, em Redenção da Serra (SP), de Lúcio Rodrigues Gomes, proprietário do Touro Vaidoso, líder do Ranking do gir leiteiro nacional.

Lúcio é médico, cirurgião vascular, vice-presidente da Abcgil, diretor do Sindicato Rural de Taubaté e membro do conselho de Administração da Unimed.

Segundo Lúcio, “a fazenda Valão do Cedro, a 160 km de São Paulo, seleciona Gir Leiteiro há 10 anos com animais adquiridos nos plantéis da Estância Silvânia, Fazenda Calciolândia e 2R, sendo acasalados com os principais touros do teste de progênie da Abcgil”. Segundo ele, “um dos objetivos é a produção de leite a baixo custo e em equilíbrio com o meio ambiente, utiliza o pastoreio racional com tempo de ocupação de 12 horas de cada módulo de piquete, seguida de adubação orgânica com complementação da dieta com concentrado de acordo com a produção individual das vacas, fornecendo silagem de milho no período de estiagem”.

Na fazenda Valão do Cedro todas as matrizes são submetidas a controle leiteiro oficial realizado mensalmente por técnico credenciado ABCZ e possuem avaliação genética fornecida anualmente pela EMBRAPA gado de leite.

Este ano Lúcio conquistou o primeiro lugar entre todos os touros testados com o reprodutor Vaidoso da Silvânia, com a expressiva marca de 644 kg de PTA, sendo o primeiro touro Gir Leiteiro a superar a barreira dos 600kg, e também a liderança absoluta para sólidos totais.

Vaidoso terá 50% da sua propriedade colocada à venda no dia 17 de novembro, durante o 2º Leilão Gir das Américas, no hotel Copacabana Palace, na cidade do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: