29 de abr de 2016

Gir dupla aptidão não participará da Expozebu

José Luiz Junqueira barros,
o Bi, da Fazenda Café Velho,
de Cravinhos (SP)
Foto: Rosimar Silva

Por falta de criadores e animais suficientes para justificar um jurado, a Abcz resolve cancelar o julgamento do Gir Dupla Aptidão


Os tempos são realmente de crise na raça gir no Brasil. As médias de preços baixaram, a procura diminuiu e a disputa nas entidades reforça a tese de que não há união entre os criadores.

2016 entrará para a história do Gir Dupla Aptidão como sendo o ano em não haverá nenhuma representação da “raça” na Expozebu. O único que havia preparado gado para participar, inclusive com inscrições pagas, foi José Luiz Junqueira Barros, o Bi, da Fazenda Café Velho, de Cravinhos (SP).  

Bi nem embargou seu gado para Uberaba depois que ficou sabendo que a Abcz não disponibilizará juiz para julgar o Gir Dupla Aptidão por falta de animais na pista.

Gir Dupla Aptidão sem representação na Expozebu; Gir Leiteiro trocando acusações nas redes sociais e a raça passando por mais uma crise. Alías, o Gir nacional está perito em crises.

Reclamação

José Luiz Junqueira Barros disse que está triste em ver a raça nessa situação. “No meu caso, que sou criador de Gir Dupla Aptidão, a tristeza maior é de ver nossa entidade, a Assogir, não fazer nada pela raça; não promover a raça; não agregar os criadores; não estimular a participação em exposições, principalmente a Expozebu”.

José Sab Neto (presidente da Assogir) e
José Luiz Junqueira Barros são criadores de
Gir Dupla Aptidão

Segundo ele, “lamento dizer isso, mas nosso presidente, que é meu amigo, não fez nada para levar animais para a Expozebu, não liga para os criadores, não apela para a importância de comparecer a essa que é a maior exposição de zebu do mundo”.  Contrariado, Bi alfineta o presidente José Sab Neto: “a Assogir limita-se a ser um buteco durante a Expozebu e mais nada”.

A participação do Gir Dupla Aptidão na Expozebu nos últimos anos tem se limitado a um número reduzido de animais; representando muito mais um heroísmo de alguns do que uma estratégia de seleção da raça. Se os criadores de Gir Leiteiro estão cortando na carne para ver quem comanda a Abcgil, entre os criadores de Dupla Aptidão paira uma descrença com exposições e até os encontros entre os criadores diminuíram drasticamente e não existe uma entidade que formule ações para tirar o seguimento da crise.

O Gir Leiteiro, com toda a crise que ameaça suas estruturas, ainda tem como bandeiras e ações o teste de progênie, a prova de leite, as exposições ranqueadas e os torneios leiteiros que lhe oferece uma visibilidade razoável. Já o Gir Dupla Aptidão não tem nada. Por isso é compreensível a tristeza do criador José Luiz Junqueira Barros, que foi um grande entusiasta na seleção de animais caracterizados e leiteiro.

Crise financeira

Por sua vez, o presidente da Assogir se defende dizendo que ninguém quer fazer exposição em Uberaba em “função da crise financeira”. Segundo ele, está tudo muito caro e que só “os ricos podem arcar com as despesas para participar da Expozebu, que tem preço alto da argola, custo alto com tratadores, custo alto de hospedagem e custo alto para a preparação dos animais”.  


Para José Sab Neto, "a expozebu se transformou numa exposição fria, quase ninguém nem sabe que existe, não houve mobilização por parte da Abcz e a crise pegou todo mundo, veja que quase não haverá leilão de gir, uma demonstração de que os negócios também não estão bem”.  Girbrasil apurou no site da Abcz que estão programados apenas seis leilões de gir leiteiro, do dia 30 de abril até o dia 5 de maio, um por dia.

Sobre transformar a Assogir num buteco durante a Expozebu, José Sab Neto se defende dizendo que a entidade "é um ponto de encontro dos criadores, inclusive de gir Leiteiro, e que isso não tem nada a ver com o fato de ter ou não ter gir dupla aptidão no parque de exposições".

Por fim, José Neto disse que o criador José Luiz Junqueira Barros, “que tem condições plenas de participar de uma exposição como a Expozebu, poderia, pelos menos levar o seu gado para mostrar aos visitantes, mesmo que não fosse participar de julgamentos, já era uma coisa boa pra raça”, finaliza.

Nenhum comentário: