13 de set de 2017

MAIS UM GIRISTA NA LAMA DA CORRUPÇÃO

Antônio Andrade, criador de Gir leiteiro de acusado
pela Polícia Federal de ser corrupto
Desta vez é o Toninho Andrade, da Fazenda Salobo, em Vazantes (MG), criador de Gir Leiteiro. Ele é acusado de pertencer ao "Quadrilhão do PMDB", de ser do grupo próximo ao presidente Temer. Esse grupo será investigado por promover todo tipo de corrupção. Entenda o caso AQUI

Antônio Andrade, vice-governador de Minas Gerais Atual vice-governador de Minas, foi ministro da Agricultura no governo Dilma Rousseff, cargo que ocupou, segundo a PF, por indicação direta de Temer.

Andrade também comandou a bancada do PMDB mineiro na Câmara quando atuava como deputado federal.

Para a PR, ele tem “posição de destaque nos fatos investigados”. É suspeito de ter participado da edição de atos no Ministério da Agricultura para favorecer a JBS que, em troca, teria pago R$ 7 milhões a integrantes do grupo do PMDB investigado pela PR.

Nenhum comentário: